Morre Michael Clarke Duncan

Ator da série The Finder, Michael Clarke Duncan faleceu esta manhã, aos 54 anos de idade, segundo informou sua noiva, Omarosa Manigault, à Associated Press. O ator estava internado há quase dois meses em um hospital de Los Angeles,após sofrer um infarto no dia 13 de julho. No dia 6 de agosto, ele foi removido da UTI mas, segundo nota divulgada à imprensa, ele não conseguiu se recuperar completamente.

Michael nasceu no dia 10 de dezembro de 1957 em Chicago. Filho de uma faxineira, ele e sua irmã cresceram com a mãe, depois que o pai foi embora. Após passar por diversos empregos, Michael começou a trabalhar como guarda-costas de celebridades em Los Angeles. Os contatos que estabeleceu nessa época o levaram a conseguir pequenos papeis no cinema e na TV.

Ao longo de sua carreira, Michael foi visto em episódios de séries como O Renegado, Um Maluco no Pedaço, Mulher Nota Mil, Irmã ao Quadrado, CSI: NY, Living Single, Chuck e Two and a Half Men, entre outros.

Em 2011 ele foi contratado para estrelar a série The Finder, spinoff de Bones, na qual os personagens foram introduzidos em um dos episódios. Na história, Michael interpretou Leo, um advogado que, após a morte da esposa e dos filhos, passa a trabalhar como assessor de assuntos jurídicos de Walter (Geoff Stults), um veterano da guerra do Iraque que passa a utilizar suas habilidades para localizar pessoas desaparecidas ou sequestradas. A série teve apenas uma temporada composta de treze episódios.

No cinema, Michael esteve em filmes como Armageddon, À Espera de um Milagre, pelo qual foi indicado ao Oscar, Meu Vizinho Mafioso, O Planeta dos Macacos, Sin City – A Cidade do Pecado e Street Fighter: A Lenda de Chun-Li, entre outros. O ator deixa três filmes inéditos, ainda em fase de pós-produção: In The Hive, The Challenger e Criminal Empire for Dummy’s.


Sobre reitigre

Tigre, tigre, brilho incandescente dentro das florestas à noite Que imortais mãos ou olhos Poderiam moldar tão temível simetria? Em que distante profundezas ou céus Queimam o fogo dos teus olhos? Em que asas veio essa chama? Que mãos ousam tocar nesse fogo? E qual ombro e qual arte? Poderia mudar as fibras do teu coração? E quando teu coração começou a bater Qual horrível mão teria forjado seus pavorosos pés? Qual martelo? Qual corrente? Em que fornalha estava teu cérebro? Que bigorna? Que terrível abraço Ousou conter teu horrível terror? E quando as estrelas desferiram seus raios, e inundaram os céus com as lágrimas delas, Ele sorriu por Seu trabalho ver? Aquele que criou o cordeiro também Te fez? Tigre, tigre, brilho incandescente dentro das florestas à noite Que imortais mãos ou olhos Ousaram moldar tão temível simetria?
Esse post foi publicado em Notícias e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s