10 fatos surpreendentes sobre a terra

 

1 – A Terra não é redonda
A Terra é uma esfera, mas devido a suas forças gravitacionais ela não é um circulo perfeito. De fato, há uma protuberância em torno do equador por causa disto. O raio polar da Terra é de 3,949.99 quilômetros, enquanto seu raio Equatorial é 3,963.34 quilômetros.

2 – O nome “Terra” vem dos anglo-saxões
Cada planeta em nosso sistema solar possui o nome de um deus grego ou romano, exceto o nosso planeta. A Terra vem da palavra anglo-saxónica Erda, que significa “terra” ou “solo”. Ironicamente, o planeta é coberto por 71% de água – o único planeta conhecido que é coberto por este precioso liquido.

3 – Um dia não possui 24 horas
Muitas vezes as pessoas dizem que não há horas suficientes no dia e eles estão certos – nem mesmo 24. Isso mesmo, o tempo real que o planeta leva para girar sobre seu próprio eixo é de 23 horas 56 minutos e 4 segundos. Isto é chamado de dia sideral. No dia solar, o tempo que o Sol leva para voltar ao mesmo local no meridiano, varia tanto quanto 16 minutos ao longo do ano, devido à sua posição na órbita.

4 – A Terra é o único planeta com Placas Tectônicas
A Terra é composta por placas que se movem em diferentes direções, cerca de até 4 centímetros por ano. Quando uma se choca com a outra, as montanhas nascem podendo também causar terremotos e vulcões.

5 – A Terra tinha um planeta gêmeo chamado Theia
Os cientistas acreditam que não estávamos sozinhos em nossa órbita em torno do Sol – tínhamos um planeta “gêmeo” que chamamos de Theia, e era do tamanho de Marte. Cerca de 4533 milhões anos atrás, Theia colidiu com a Terra, a maior parte do planeta foi absorvida, mas um pedaço grande explodiu e combinou-se com materiais do nosso planeta para criar a lua.

6 – A misteriosa lua de orbita quase perfeita
Falando da Lua, uma coisa é certa: não é feita de queijo. Fora isso, há algumas coisas que não sabemos. Por exemplo, sua órbita  é quase perfeitamente circular. A Lua está coberta com uma poeira que estranhamente cheira a pólvora, mesmo eles sendo materiais completamente diferentes. Além disso, é uma coincidência incrível que a distância entre o Sol e a Lua os deixam aparentemente do mesmo tamanho no céu.

7 – Os oceanos são mais de 90% Inexplorados
Então, nós conhecemos melhor outros planetas do que nossa própria profundeza dos oceanos. De fato, menos de 10% das águas profundas azuis foram exploradas. Embora tenhamos identificado 212.906 espécies marinhas, há possivelmente 25 milhões a mais que nós não conhecemos. De repente, o monstro do Lago Ness não parece tão absurdo.

8 – Temperatura mais baixa: -89,22ºC

A temperatura da Antártica central varia de -30°C e -65°C tornando-se o lugar mais frio da Terra. No entanto este recorde foi batido pelo mesmo local onde foi gravado em 21 de julho 1983, na estação de Vostok, na Rússia, um registro pelos censores de incríveis -89,22ºC.

9 – Temperatura mais alta: 57,8ºC

A maior temperatura já registrada no planeta Terra foi de 57,8ºC em 1922 na cidade de El Azizia localizada no Noroeste da Líbia. Para alegria dos moradores, a cidade fica a menos de uma hora do litoral.


10 – O ponto mais alto na Terra não é o Monte Everest
O Monte Everest é uma das montanhas mais famosas do mundo, com incríveis 29.035 pés acima do nível do mar. No entanto, considerando que agora sabemos que a Terra não é redonda (ver # 1), alguém ou alguma coisa ao longo do equador consegue chegar um pouco mais perto das estrelas. Isto significa que, apesar do Monte Chimborazo, no Equador ter “apenas” 20.564 pés acima do nível do mar, ele esta localizado sobre esta espécie de “galo” na Terra tornando-o tecnicamente mais alto que o Everest por 1,5 km!


Sobre reitigre

Tigre, tigre, brilho incandescente dentro das florestas à noite Que imortais mãos ou olhos Poderiam moldar tão temível simetria? Em que distante profundezas ou céus Queimam o fogo dos teus olhos? Em que asas veio essa chama? Que mãos ousam tocar nesse fogo? E qual ombro e qual arte? Poderia mudar as fibras do teu coração? E quando teu coração começou a bater Qual horrível mão teria forjado seus pavorosos pés? Qual martelo? Qual corrente? Em que fornalha estava teu cérebro? Que bigorna? Que terrível abraço Ousou conter teu horrível terror? E quando as estrelas desferiram seus raios, e inundaram os céus com as lágrimas delas, Ele sorriu por Seu trabalho ver? Aquele que criou o cordeiro também Te fez? Tigre, tigre, brilho incandescente dentro das florestas à noite Que imortais mãos ou olhos Ousaram moldar tão temível simetria?
Esse post foi publicado em Ciências e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s